TURISMO PEDAGÓGICO NAS CIDADES HISTÓRICAS MINEIRAS (TCC)

Bárbara Honório dos Santos, Ricardo Eustáquio Fonseca Filho, Paulo de Tarso Amorim Castro

O centro histórico de Ouro Preto – Minas Gerais, é reconhecido como patrimônio da humanidade, sendo procurado por visitantes, em especial por causa do turismo cultural. Recentemente vem se consolidando a atividade do Geoturismo, que em cidades é conhecido como Geoturismo Urbano. Assim, a presente pesquisa buscou conhecer se há um potencial geoturista urbano no município. A metodologia considerou na etapa de escritório revisão de literatura e elaboração de três instrumentos de coleta de dados (formulários estruturados qualitativos); e na etapa de campo entrevista remota (Google Forms) a amostra de 125 atores locais, sendo: 31 pesquisadores (de Patrimônio Geológico e de Turismo), 92 estudantes de cursos superiores (Engenharia Geológica, Geografia e Turismo) e 2 guias de turismo de Ouro Preto. Como resultado observou-se que: há potenciais geoturistas urbanos para o destino; têm elevado nível e renda mensal; motivação mineralógica, arquitetônica, geomorfológica, unidades de conservação, arqueológica e compras (artesanato); e propostas de roteiros geoturísticos com temáticas de geomorfologia, mineralogia, história da mineração, petrografia e arqueológico. Os pesquisadores podem ser considerados “geoturistas dedicados”, os guias de turismo “geoturistas recreacionais” e os estudantes um meio-termo entre ambos. Espera-se que esta demanda potencial integre o conhecimento do mercado turístico ouro-pretano, servindo para a formatação e comercialização de roteiros por agências receptivas e acompanhamento por guias de turismo de Ouro Preto e, sobremaneira, fortalecendo o reconhecimento do geoturismo como segmento turístico.

leia mais
Artigo para Download

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *